Traduções da Bíblia alcançam 15 milhões de pessoas

Os esforços empreendidos pelas Sociedades Bíblicas Unidas (SBU) de tornar a Bíblia acessível a um número cada vez maior de pessoas podem ser medidos pelos resultados do Relatório Mundial de Tradução de Escrituras de 2013, que acaba de ser concluído.
 
A entidade, em parceria com outras organizações, contribuiu para a finalização da tradução do texto bíblico em 18 línguas, com potencial para impactar mais de 15 milhões de pessoas. Para dez línguas, foi a primeira tradução: sete passaram a contar com a Bíblia completa, outra com um Novo Testamento e as demais com partes do texto bíblico. As outras oito línguas receberam novas traduções ou revisões para ajudar a comunicar a Palavra de Deus de um modo que seja mais facilmente compreendida.

Última atualização em Qua, 22 de Outubro de 2014 17:37

Leia mais...

 

IPBa se reúne para eleição pastoral

Logo após o culto deste do domingo (19), às 10h30, os membros da igreja Presbiteriana da Bahia participam de eleição para escolha do pastor efetivo da igreja. O mandato será de três anos.
 
Todos os membros em plena comunhão podem participar do pleito. Esteja orando para que a vontade de Deus se cumpra. 
 
 

Itamar é reeleito pastor da IPBa

Itamar Bezerra foi reeleito pastor da igreja Presbiteriana da Bahia para um mandato de mais três anos. O pleito aconteceu na manhã deste domingo (19).
 
Não houve concorrentes e o número de votantes foi de 231 membros. Destes, 194 optaram pela permanência do pastor. Outros 34 votaram contra e três votos foram em branco.
 
Itamar Bezerra é pastor da igreja Presbiteriana da Bahia desde 2004. Com a reeleição, ele permanece à frente da congregação até 2017, quando se encerra o mandato.
 

Última atualização em Dom, 19 de Outubro de 2014 13:29

 

Cristãos são proibidos de usar a palavra `Deus´

Cristãos de língua árabe, cujas comunidades antecedem a própria religião islâmica, utilizam a palavra Allah para se referir a Deus. Há um ano, o governo proibiu os cristãos de utilizá-la, fazendo com que toda literatura cristã contendo o termo torne-se ilegal no país.
 
Apesar da decisão, a comunidade cristã permanece inflexível e afirma que o uso da palavra Allah (que corresponde a “Deus”, em árabe) é seu direito. O Tribunal de Recurso deferiu em outubro passado que a expressão é de uso exclusivo para muçulmanos malaios. A palavra é anterior ao nascimento do islã. A decisão foi amplamente criticada por muitos outros países muçulmanos e pelas Nações Unidas.

Leia mais...

 

Página 1 de 41